Notícia
Saiu do forno! Enredo da Mangueira resgata origem das escolas: ‘É uma resposta direta ao prefeito’
Data: 08/07/2017

Normalmente, os carnavalescos costumam tirar da gaveta os enredos. Leandro Vieira, da Mangueira, foi por um caminho diferente e criou um enredo atualíssimo para o desfile da verde e rosa em 2018. “Com dinheiro ou sem dinheiro, eu brinco” vai criticar o distanciamento das escolas de samba com o grande público e, de quebra, dar umas cutucadas no prefeito Marcelo Crivella, que reduziu pela metade a subvenção das agremiações do Rio de Janeiro.

Em entrevista ao jornalista Leonardo Bruno, na live do Facebook do Jornal Extra, Vieira divulgou a narrativa e aproveitou para explicar que o tema anda de mãos dadas com a discussão mais recente no Carnaval:

– O pior é a tentativa de demonizar as escolas de samba. Quando o prefeito coloca de um lado as escolas e do outro as crianças é um discurso que me incomoda muito. Mas isso gerou uma discussão positiva pra mim que trabalho com arte. Do porquê as escolas se distanciaram das suas origens. O enredo é uma tentativa de tentar retomar as escolas a essas origens. É uma resposta bem direta ao prefeito e aponta para a construção de um Carnaval de caráter festivo, cultural, não só das escolas, mas das manifestações carnavalescas. Não é só brincar com o prefeito, é também uma crítica de como escolas se distanciaram tanto das pessoas.

Durante o bate-papo na redação do jornal, Leandro criticou abertamente o prefeito e como o político teria tentado demonizar as escolas, colocando as agremiações como vilãs, criando uma espécie de contraponto da subvenção com o investimento em educação básica.

– Vamos fazer um Carnaval politizado. A ideia é radicalizar a ordem vigente, é dialogar com outras frentes – definiu Vieira.




ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Quintal do Samba - O único programa que virou rádio!
Av. P.H. Rolfs, 81, sala 510
CEP: 36570-000
Viçosa / MG
Total de visitas: 126450
Visitas hoje: 41